É tempo de Outubro Rosa! O mês é reconhecido como um período de mobilização no mundo inteiro em prol do combate ao câncer de mama, segundo tipo de câncer mais frequente no mundo.

De acordo com dados levantados em 2020 pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) para o Ministério da Saúde, a incidência de câncer de mama no Brasil é de mais de 66 mil novos casos por ano, com maior probabilidade em mulheres.

Ao longo dos anos diversas pesquisas buscam identificar os fatores que causam a doença e também o que pode ajudar na prevenção e no tratamento. Muitos ainda acreditam que os fatores genéticos e familiares são os únicos relacionados à doença, porém não existe uma única causa para a doença. 

Fatores internos, como hormônios e condições imunológicas, e aspectos externos, que se referem ao ambiente e aos hábitos de vida são questões elementares que devem ser avaliadas.

Mas é importante lembrar: as chances de cura aumentam consideravelmente quando a doença é identificada no início. Sendo assim, é fundamental que as mulheres façam o autoexame, ou exame de toque, além de consultas regulares ao médico.

Alimentação saudável na prevenção contra o câncer de mama

Como mencionado anteriormente, os hábitos do cotidiano são fundamentais tanto no tratamento, quanto na prevenção do câncer. Por isso, uma alimentação adequada e saudável com base em alimentos que são fontes de energia e nutrientes, além de garantir o bom funcionamento do organismo pode melhorar a disposição, o fortalecimento do sistema imunológico e ainda, prevenir o câncer.

Entre os alimentos que devem ser incluídos na dieta do dia a dia estão: 

Outubro Rosa: alimentação saudável

– Vegetais
Vegetais, como brócolis, couve e couve-flor, contêm o fitoquímico sulforafano, que tem a capacidade de destruir células cancerígenas.

– Frutas vermelhas
Frutas vermelhas, como morango, melancia e cereja, são ricas em antocianinas, substância que retarda o crescimento de células pré-malignas.

– Peixes
Peixes, como o salmão, são ricos em ômega-3. Como se não bastasse ser um elemento que protege  as artérias, esse nutriente ajuda a evitar as condições propícias ao aparecimento de tumores.

– Leguminosas
Leguminosas, como feijão e lentilha, são ricas em folato, fibras e ferro.

– Cereais
Os integrais, como a aveia, linhaça e quinoa, são ricos em ácidos graxos poli-insaturados.

Sobre a campanha Outubro Rosa

O Outubro Rosa foi criado no início da década de 90 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença. A data também destaca a importância de proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento a fim de reduzir o nível de mortalidade. 

O laço rosa tornou-se um grande símbolo da campanha, por isso, é comum ver em acessórios, brindes de empresas ou até em prédios e monumentos iluminados em homenagem à causa.

Orientações com dicas e hábitos da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM)

Para finalizar, selecionamos uma lista com dicas da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) para manter uma rotina de vida saudável:

  • Alimente-se bem e não fique muito tempo sem comer, ou seja, prefira comer de três em três horas, em pequenas quantidades, sempre priorizando os alimentos naturais e evitando os alimentos industrializados.
  • Pratique exercícios físicos durante a semana. O ideal são 150 minutos de atividades físicas moderadas ou 75 minutos de atividades vigorosas divididas pelos dias da semana.
  • Planeje o seu dia alimentar e tente segui-lo.

Fonte: portal da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM).

Em Casa
Author

Digite seu comentário

nove − quatro =